QUEM SOMOS

 

O Projeto Rádio Maria originou-se como uma resposta a um chamado de Maria.Certamente não é uma coincidência que entre as centenas de emissoras paroquiais e diocesanas italianas, aquela que foi transformada num certo momento e se tornou uma luz guia para a Evangelização, leva o nome de Maria. De fato, a Nossa Senhora não é a “Estrela da Evangelização”, como João Paulo II dizia na oração que escreveu para a Rádio Maria? Não se pode entender a Rádio Maria se não se percebe a sua natureza profundamente mariana. Esta não é apenas uma simples devoção a Nossa Senhora, que é a herança de todo bom cristão. Baseado no ensejo e no exemplo da Rádio Maria, outras emissoras católicas também incluíram o rosário na sua programação. Todavia, Rádio Maria se caracterizou como uma rádio Mariana, por razões muito mais profundas e essenciais. A Virgem Maria foi percebida, não só por aqueles que trabalham na área, mas também pela família cada vez maior de ouvintes, como uma presença maternal, viva e efetiva, que tem acompanhado o caminho para a maturidade e difusão da nossa emissora de rádio. É graças ao amor à Nossa Senhora, que floresceu o fenômeno admirável do voluntariado, que tem chamado inúmeras pessoas a dar seu apoio generoso e gratuito.
h1 Pelo amor de Nossa Senhora os ouvintes financiaram primeiramente a expansão em todas as regiões da Itália e em seguida nas diversas nações do mundo. O milagre do crescimento espiritual e da propagação da Rádio Maria nos vários continentes, seria incompreensível sem o amor de seus filhos pela terna Mae. A presença de Nossa Senhora, solícita e silenciosa ao mesmo tempo, tem guiado a difícil navegação no oceano imenso do éter, tornando Rádio Maria, uma pequena e humilde serva da Igreja. Com este instrumento pequeno e recursos humanos esparsos, não há dúvida de que a Nossa Senhora em todos estes anos tem despertado a oração, protegido a fé, chamado aqueles que estão distantes, consolado os que sofrem, apoiado as famílias, guiado os jovens e espalhado alegria e paz em incontáveis corações. Quando as pessoas simples afirmam que a Rádio Maria é a “Radio da Nossa Senhora” elas simplesmente querem testemunhar que eles têm a rádio como um presente de Seu amor maternal. Após a estrada percorrida, se olharmos para trás, como não ver a Rádio Maria um projeto admirável da Mãe de Deus, o qual somos chamados a criar e a desenvolver com a nossa resposta generosa? Cada Rádio Maria que é criada deve ser uma resposta de amor à Maria. É a presença viva de Maria nos corações dos diretores, começando com o do padre diretor, que é a real garantia de uma perseverança fértil. Desde o início Rádio Maria não se definiu como um grupo ou um movimento em particular, embora de inspiração católica, mas como um serviço à Igreja. É uma iniciativa de católicos potencialmente aberta a toda a realidade eclesiástica em sua complexidade e diversidade de carismas. A Associação Rádio Maria, que representa a propriedade da rádio e protege sua identidade e carisma original, é formada de católicos, padres e leigos, monges e freiras, que vêm das mais diversas realidades eclesiais. O mesmo pode ser dito dos administradores da rádio em vários níveis, bem como dos apresentadores dos programas e do vasto grupo de voluntários.
h2 O importante é que eles percebam o espírito da Rádio Maria e se deixem permear. Nossa Senhora, Mãe da Igreja, não pode deixar de infundir um autêntico “sentire cum Ecclesia” em seus filhos. A caracterização da Rádio Maria como uma rádio de serviço eclesiástico envolve, antes de tudo, uma fé sólida nos ensinamentos da Igreja, especialmente do Santo Padre, não só no que diz respeito aos ensinamentos da fé e da moral, mas também no que diz respeito às orientações pastorais fundamentais. A Rádio Maria não só opera em sintonia com a Igreja, mas sente-se comprometida com a promoção de uma comunhão cada vez mais profunda. Isso ela faz especialmente com transmissões de orações das diversas paróquias e realidades eclesiásticas com a promoção em seus programas do diálogo, compreensão e amor à Igreja. A mesma Família Mundial da Rádio Maria deve ser vivida sempre mais como um exemplo concreto de comunhão eclesiástica. Como compartilhar essa presença viva de Maria e colocá-la ao serviço dos ouvintes? Como fazer a população dos céus participar ativamente na riqueza da fé e nos frutos diários de conversão se eles sempre consideraram os meios de comunicação e, principalmente a rádio, como um meio de entretenimento ou de mera informação?


ORIGENES E HISTORIA 

Para um melhor entendimento do Projeto Rádio Maria, é útil rever as etapas importantes que marcaram sua fundação e evolução usando algumasbreves notas históricas. Em 1987, com um discurso forte e memorável, o Santo Padre João Paulo II convocou todos os fiéis a colaborarem juntos para criar um grande projeto de “nova Evangelização” em vista do terceiro milênio. Entre as várias iniciativas de leigos e padres que aceitaram o convite do Papa, houve uma maior participação dos católicos no mundo dos meios de comunicação de massa, com o desenvolvimento de muitas rádios que já operavam em paróquias de forma quase amadora. Essas pequenas emissoras, que muitas vezes usavam a torre do sino da paróquia para a transmissão como um ponto de irradiação, tinham a finalidade de facilitar – principalmente aos idosos – ouvir no domingo a Santa Missa e participar na oração do Rosário, estendendo assim os resultados da missão paroquial.
h4Uma dessas rádios foi fundada em 1983, na cidade de Erba, na província de Como, que apesar da sua semelhança com outras em termos de estilo e organização, tinha algo mais que a caracterizava: uma devoção especial a Nossa Senhora, maior espaço dedicado à oração através da recitação completa do Rosário todo o dia, além da Santa Missa diária, com uma atenção especial aos que sofrem. Esta rádio foi chamada “Rádio Maria”. Mas a estrada foi longa, visto que Rádio Maria divulgava empiricamente propagandas, e a programação e a organização técnico-administrativa eram bastante amadoras. O início do desenvolvimento posterior do Projeto Rádio Maria, na Itália e no mundo, foi determinado pelo entendimento que uma rádio que proclama os valores da fé não pode ser administrada de maneira improvisada. Então, em 1987 foi fundada a Associação de Rádio Maria e a mão da Providência levou a uma mistura gradual de leigos e clero com a capacidade de oferecer generosamente suas experiências espirituais pessoais e profissionais para servir este pequeno e humilde meio de comunicação. Então os membros da Associação tomaram consciência da necessidade de ampliar o alcance de influência da rádio e de passar para uma proposta de maior porte, colocando ao centro da programação a oração e a catequese.
h5 A tarefa era aquela confiada a todos os cristãos no momento do batismo, propagar a mensagem do Evangelho de acordo com a doutrina e as orientações pastorais da Igreja Católica e na fidelidade ao Santo Padre. Assim, uma “estratégia espiritual” organizada nos vários setores de atividade foi criada para promover uma resposta melhor para a missão desta vocação. Esta nova linha teve sucesso o bastante para permitir a Rádio Maria se propagasse rapidamente por todo o território italiano em apenas três anos, graças em parte à participação extraordinária de milhões de ouvintes com as suas orações e ofertas materiais. Ouvintes que depois se multiplicaram fora das fronteiras da Itália, de forma que em pouco tempo as emissoras que aderiram ao Projeto Rádio Maria alcançaram quase todos os continentes do mundo. Não é portanto inapropriado falar de “vocação universal”. A expansão deste “chamado” incentivou os administradores da Associação Rádio Maria a pensarem numa ferramenta que garantisse a unidade e a cooperação entre as diversas Rádios Maria ativas ou iniciantes no mundo. Foram necessários anos de discernimento e oração, além de dezesseis emissoras ativas em muitos países, para se puder entender como criar esta organização. Portanto, foi fundada em 1998 a Associação World Family of Radio Maria, que administra a promoção, proteção e desenvolvimento do Projeto Rádio Maria no mundo. Dessa forma, cada Rádio Maria, que é auxiliada a começar e a desenvolver em seu próprio país, concorda em se associar a “World Family” para contribuir para a natureza missionária da Rádio Maria, em todos os países do mundo onde há uma pequena semente desta vocação.


OBJETIVOS

A Radio Maria é uma iniciativa que nasceu sob o impulso do amor cristão. Seu objetivo é ajudar as pessoas a buscar e encontrar o sentido da vida através da anunciação da Boa Nova do Evangelho. Através das ondas da rádio, se propõem a levar a reconciliação e a paz aos corações, as famílias e a toda sociedade. A Radio Maria é “uma mão estendida” oferecida a todos os homens de boa fé, encorajando-os nas situações difíceis da vida à olhar com confiança para o futuro.
h6Sua atenção é dirigida especialmente àqueles que sofrem tanto física quanto espiritualmente, às pessoas sós, aos idosos, aos pobres e os encarcerados. Em relação a consciência, testemunhamos o amor de Deus e a esperança na vida eterna. Rádio Maria, desde o princípio, decidiu apoiar sua atividade radiofônica com algumas iniciativas importantes de promoção para tornar-se conhecida de forma detalhada não só dentro da Igreja, mas também para um público mais amplo e heterogêneo. Vivendo da Divina Providência e das doações espontâneas de seus ouvintes, um dos principais objetivos é mostrar precisamente esta diferença peculiar dos meios de comunicação, objetivando trazer ao conhecimento de toda a população e, consequentemente, poder contar com a generosidade de todos aqueles que podem ajudar a realizar esta missão. O padre, como Diretor administrativo deve conscientizar e informar periodicamente os ouvintes sobre a vida da rádio, sem esconder as necessidades de sobrevivência da Rádio Maria, tal qual uma família. No entanto, muitos podem ser os meios de difusão, mesmo se a principal promoção da Rádio Maria for simplesmente falar sobre ela. O próximo passo é a produção de material promocional direcionado à uma comunicação simples e ampla. Obviamente, precisa levar em conta o fato de que a Rádio Maria vive da providencia e é, portanto, patrocinada graças aos sacrifícios de seus ouvintes. Assim, o material de promoção deve ter um custo limitado, mas a sua “mensagem” deve ser essencial e efetiva direcionada, principalmente, para uma intuição fácil do carisma, indicação indispensável da frequência da rádio e modalidade de escuta.

h7


CARISMA

A Rádio Maria é um instrumento da Nova Evangelização que se põem a serviço da Igreja do Terceiro Milênio, como emissora católica comprometida no anuncio da conversão através de uma grade programação que oferece um amplo espaço para oração, para catequese e para promoção humana.Os fundamentos do seu apostolado são a confiança na divina providencia e na dependência dos voluntários.


h8Instrumento a serviço de Maria

Deus escolhe os instrumentos mais fáceis para encontrar os homens. Ele usou o livro para comunicar a Sua Palavra e pregação para espalhá-la. A rádio se propõe a tarefa de propagar a palavra. Na verdade, o instrumento radiofônico é portador da voz, a partir da boca do falante, chega aos ouvidos do ouvinte: fides ex auditu, a fé provém da pregação (Romanos 10,17). A proclamação da Palavra de Deus é o grande meio usado por Jesus Cristo e os apóstolos: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo” (Marcos 16, 15-16). A rádio é, portanto, um meio simples e eficaz para a propagação do Evangelho. A evolução tecnológica tornou um instrumento generalizado que alcança as pessoas onde quer que estejam. A rádio é um instrumento, por sua própria natureza, missionário. A voz chega ao coração e o questiona. A centralidade da rádio não exclui, mas, pelo contrário, valoriza os meios auxiliares de comunicação social, que a inovação técnica propõe.

  A Divina Providência apoio seguro da Rádio Maria

“Buscai antes o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo” (Lucas 12, 31). O trabalho bem feito é abençoado por Deus. Rádio Maria para suas necessidades materiais conta apenas com a generosidade de seus ouvintes e admiradores. Renuncia ao financiamento publicitário e de outras fontes que podem limitar ou condicionar a sua missão. O apoio dos ouvintes não diminui e isso é uma garantia e, ao mesmo tempo, um controle da qualidade dos programas. A experiência mostra que a Rádio Maria encontra no seu público os recursos necessários. Rádio Maria evita as formas espúrias de financiamento como, por exemplo, a transmissão paga de programas dos outros. A confiança na Divina Providência não é passiva, mas operacional e exige medidas adequadas para tornar corresponsáveis os ouvintes no apoio diário.


h9Rádio Maria anuncia a conversão

“Fazei penitência e crede no evangelho” (Marcos 1, 15). Rádio Maria, através de sua programação, chama os homens à conversão, para que eles possam caminhar na luz de Deus e viver em paz. A programação da Rádio Maria é inspirada nos valores espirituais e morais do Evangelho e nos ensinamentos da Igreja Católica. Os principais componentes da programação da Rádio Maria são a oração, evangelização e promoção humana de inspiração cristã e a informação iluminada pela fé. Também a música deve elevar a alma e abrir os corações. A oração é a atividade mais importante da Rádio Maria e inclui: as orações do bom cristão de manhã e à noite; transmissão diária da Santa Missa pelas paróquias e comunidades; a Liturgia das Horas; o Santo Rosário; o Angelus; devoções e orações especiais. A evangelização refere-se a todo o patrimônio de fé e cultura da Igreja Católica e inclui: o anúncio das verdades fundamentais da fé; a explicação sistemática do Catecismo da Igreja Católica; cursos de Teologia Dogmática, Teologia Moral, Sagrada Escritura, Espiritualidade, História da Igreja, Mariologia, Hagiografia, Doutrina Social da Igreja, Problemas Pastorais, Ecumenismo, Religiões não cristãs, etc. A promoção humana e social concentra-se em particular, na Família, Educação, Bioética, Saúde, Trabalho, Respeito do criado, etc. A informação apresenta os acontecimentos do mundo na visão da fé e informa corretamente os ouvintes sobre a vida da Igreja universal e local. Em todos os momentos da sua programação Rádio Maria deve comunicar luz, paz e fraternidade.

O Voluntariado è a força motora da Rádio Maria

“Dai, e dar-se-vos-á” (Lucas 6, 38). O projeto da Rádio Maria baseia-se na contribuição insubstituível do voluntariado. Os voluntários são o coração bombeando sangue para todas as partes do corpo. O espírito do voluntariado é o desejo de ajudar a Nossa Senhora na realização de Sua obra materna de paz e amor. O espírito do voluntariado é uma chama acesa em todos os operadores da Rádio Maria, mesmo aqueles contratados. Todas as transmissões da Rádio Maria são gratuitas. É necessário solicitar os voluntários nos diversos serviços auxiliares que estão ao seu alcance. Os ouvintes da Rádio Maria são uma fonte inesgotável de voluntariado. O espírito de voluntariado e, portanto, a gratuidade de todos os encargos na associação e o controle da administração por uma organização independente são parte integrante do espírito de Administração da Identidade de uma Rádio Maria.

h10

Rádio Maria na Igreja e na sociedade

A Rádio Maria opera tanto na comunidade eclesial como na sociedade multi-religiosa de hoje. O instrumento da rádio, por sua natureza estende-se a toda a população. O destinatário da mensagem é cada homem que carrega em seu coração a fome de Deus e a necessidade de salvação. As ondas do éter levam a luz do Evangelho para além das fronteiras da Igreja. Uma parte dos ouvintes e apoiadores da Rádio Maria são ovelhas que estão fora do aprisco. Apesar de ser uma Associação civil, Rádio Maria garante a vigilância da Igreja Católica sobre a mensagem transmitida através da presença do Padre Diretor, tendo a permissão da autoridade eclesiástica competente. A Família Mundial da Rádio Maria é o interlocutor da Autoridade Eclesiástica local para todas as questões de interesse mútuo e mantém reuniões regulares com o Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais. Rádio Maria está empenhada particularmente, em seguir os ensinamentos e orientações pastorais do Sumo Pontífice.


ORGANIZAÇÃO

Rádio Maria nasceu em 1983 em uma paróquia na província de Como e é proposto a fim de difundir a mensagem do Evangelho em comunhão com as orientações de ensino e pastorais da Igreja Católica e na fidelidade ao Santo Padre, usando todas as possibilidades oferecidas pela o rádio.
Hoje, a Rádio Maria é uma emissora que está presente em 49 países e todos os dias é destinado a milhões de ouvintes em 15 línguas.
O Mundial da Família da Rádio Maria é uma organização não governamental (ONG) legalmente nascidos em 1998 e é membro fundador da Associação Italiana Rádio Maria.

Atualmente é composto por 40 associações nacionais membros associados, presentes em países como muitos e espalhados por vários continentes, 11 dos quais em África.

Os objetivos institucionais do Mundial da Família:

  • Perseguir um método de ação e educação continuada e treinamento exclusivamente na promoção de mídia e de radiodifusão, especialmente em países em desenvolvimento;
  • Promocionar el crecimiento social y cultural de los países donde obra, a través de la promoción de sus valores sociales, culturales y religiosos, para mejorar la convivencia y valorizar los recursos humanos, mediante la ayuda de transmisiones radiofónicas y la divulgación de específicos acontecimientos locales;
  • Promover o crescimento social e cultural do trabalho países através da promoção dos seus sociais, culturais e religiosos, para melhorar os relacionamentos e desenvolvimento de recursos humanos, com a ajuda de programas de rádio e divulgação de eventos específicos locais;
  • Promocionar la difusión de un mensaje evangélico de alegría y esperanza, con una atención especial para los enfermos y los pobres, según la enseñanza del magisterio de la Iglesia Católica;
  • Promover a divulgação de uma mensagem do evangelho de alegria e de esperança, com especial atenção para os doentes e os pobres, de acordo com o ensinamento do Magistério da Igreja Católica;
  • Promocionar la difusión de un mensaje evangélico de alegría y esperanza, con una atención especial para los enfermos y los pobres, según la enseñanza del magisterio de la Iglesia Católica;
  • La formación del personal, exclusivamente local, para su participación activa en todas las fases de proyecto, realización y gestión;
  •  O apoio financeiro e ao fornecimento de materiais para a realização de projetos completos no campo da mídia, especialmente nos países em desenvolvimento;
  • La promoción del voluntariado a todos los niveles;”>Promover o voluntariado em todos os níveis;
  • Apoiar programas de desenvolvimento com o objetivo de alcançar a auto-suficiência.
  • O presidente da Associação Dom Emanuele Ferrario é, desde a sua criação, também presidente da Rádio Maria Itália.

A força-tarefa é composta de profissionais, colaboradores e um grande número de voluntários trabalhando em diferentes áreas em constante contato com as atividades e projetos espalhados por cinco continentes.
A sede da Associação fica na Via del Pettirosso 20-00169 Roma, enquanto a sede Técnico e Administrativo na Via Mazzini 12-21020 Casciago, ambos na Itália.