Novena da Saúde; de 30 de março a 9 de abril, Dia Mundial da Saúde

Posted · Add Comment

 
 

A Arquidiocese de Goiânia dará início – a partir da próxima quinta-feira, 30, à novena pela recuperação da saúde do corpo e da alma; e também pelos profissionais que atuam na área. A ação, coordenada pelo Vicariato para a Saúde local, faz parte do cronograma de exercícios e comemorações pelo Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril.

 

De acordo com o cronograma de orações o primeiro dia da novena, 30, será dedicada a São Camilo Lélis, padroeiro dos enfermos. Em seguida, no segundo dia, 31, a novena pede a intercessão de Nossa Senhora de Lourdes, protetora dos doentes. O terceiro dia de novena, 1º de abril, tem como previsão à honra a São Lucas Evangelista, que além de autor de um dos quatro Evangelhos era médico na época de Cristo.

 

São Rafael Arcanjo, também chamado Medicina de Deus; Nossa Senhora da Saúde; e Santa Luzia, padroeira dos olhos; serão os intercessores invocados nos dias 2, 3 e 4 de abril, respectivamente quarto, quinto e sexto dias de novena.

 

Encerrando os nove dias de oração, as preces serão voltadas para a Beata Dulce dos Pobres, bem-aventurada pelo amor e serviço aos mais necessitados; São Luís Orione, chamado Apóstolo da Caridade; e, por fim, a Santa Teresa de Calcutá, freira missionária das periferias, canonizada em 4 de setembro do ano passado.

 

Para se preparar adequadamente e rezar bem a novena, o Vicariato para a Saúde também indica a meditação de parte do livro bíblico Eclesiástico. O trecho do Antigo Testamento fala sobre a importância da medicina e de seus profissionais.

 

“1. Honra o médico por causa da necessidade, pois foi o Altíssimo quem o criou. 2. (Toda a medicina provém de Deus), e ele recebe presentes do rei: 3.a ciência do médico o eleva em honra; ele é admirado na presença dos grandes. 4.O Senhor fez a terra produzir os medicamentos: o homem sensato não os despreza. 5.Uma espécie de madeira não adoçou o amargor da água? Essa virtude chegou ao conhecimento dos homens. 6.O Altíssimo deu-lhes a ciência da medicina para ser honrado em suas maravilhas; 7.e dela se serve para acalmar as dores e curá-las; o farmacêutico faz misturas agradáveis, compõe ungüentos úteis à saúde, e seu trabalho não terminará, 8.até que a paz divina se estenda sobre a face da terra. 9.Meu filho, se estiveres doente não te descuides de ti, mas ora ao Senhor, que te curará. 10.Afasta-te do pecado, reergue as mãos e purifica teu coração de todo o pecado. 11.Oferece um incenso suave e uma lembrança de flor de farinha; faze a oblação de uma vítima gorda. 12.Em seguida dá lugar ao médico, pois ele foi criado por Deus; que ele não te deixe, pois sua arte te é necessária. 13.Virá um tempo em que cairás nas mãos deles. 14.E eles mesmos rogarão ao Senhor que mande por meio deles o alívio e a saúde (ao doente) segundo a finalidade de sua vida. 15.Aquele que peca na presença daquele que o fez, cairá nas mãos do médico” (Eclo, 38, 1-15).

 

Orações da novena
 

Oração pelos profissionais da saúde: Ó meu Deus, vós, Senhor da vida, confiastes aos profissionais de saúde, homens e mulheres, o nobre encargo de preservar a vida, para ser exercido de maneira condigna em benefício de outros seres humanos, seus irmãos. A vida deve ser protegida com o máximo cuidado desde a concepção, portanto, que eles tenham em mente que o embrião deve ser defendido em sua integridade, cuidado e curado como qualquer outro ser humano. E que toda vida humana, desde o momento da concepção até a morte, é sagrada, pois foi criada à imagem e à semelhança do Criador.

 

Ponde nos corações deles, Senhor, que a vida e a saúde física são bens preciosos doados por vós. E que, portanto, devem ser cuidadas com equilíbrio, levando-se em conta as necessidades alheias e o bem comum (cf. Catecismo da Igreja Católica, n. 2288). Fazei, Senhor, que eles vivam essa grande responsabilidade, mesmo quando a morte for iminente. Que eles compreendam que os cuidados comumente devidos a uma pessoa doente não podem ser legitimamente interrompidos e que os cuidados paliativos constituem uma forma privilegiada de caridade desinteressada.

 

Ó Mãe do Céu, abençoai e protegei os profissionais da saúde, vós que defendestes a vida ameaçada do Menino Jesus e cuidastes para que ele crescesse em estatura, sabedoria e graça, diante de Deus e dos homens (cf. Lc 2, 52). Assim seja.

 
 
Orações para os demais dias

1º dia – Dedicado a São Camilo de Léllis:Piedosíssimo São Camilo que, chamado por Deus para ser o amigo dos pobres enfermos, consagrastes a vida inteira a assisti-los e confortá-los, contemplai do Céu os que vos invocam confiados no vosso auxílio. Doenças da alma e do corpo fazem de nossa pobre existência um acúmulo de misérias que tornam triste e doloroso este exílio terreno. Aliviai-nos em nossas enfermidades, obtende-nos a santa resignação às disposições divinas e, na hora inevitável da morte, confortai o nosso coração com as esperanças imortais da beatífica eternidade. Assim seja.

 
São Camilo de Léllis, rogai por nós e pelos enfermos, principalmente os pobres e desassistidos!
 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

2º dia – Dedicado a Nossa Senhora de Lourdes:Nossa Senhora de Lourdes é invocada, na Igreja, como protetora dos doentes. Rezemos, então, pelos doentes e profissionais de saúde. Senhor Deus, por intercessão de Nossa Senhora de Lourdes, nós vos pedimos em favor de nossos irmãos e irmãs doentes e, nesta novena, pedimos especialmente por (silêncio para que cada um possa fazer seus pedidos por alguém doente). Senhor Jesus, vós que passastes na terra curando os doentes, abençoai os enfermos e sofredores, dai-lhes coragem para enfrentar com paciência os momentos de dor.

 
Senhor Jesus, abençoai todos os médicos para que sejam iluminados e acertem o tratamento de seus pacientes.
 
Nossa Senhora de Lourdes, intercedei por eles!
 
Senhor Jesus, abençoai todos os enfermeiros e cuidadores de doentes, para que tenham muito amor e paciência.
 
Nossa Senhora de Lourdes, intercedei por eles!
 
Restaurai, Senhor, a saúde do corpo e da alma de todos nós que necessitamos de vossa graça.
 
Nossa Senhora de Lourdes, rogai por nós e intercedei pela saúde no Brasil.
 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

3º dia – Dedicado a São Lucas Evangelista:Ó São Lucas, glorioso apóstolo e evangelista, eu vos saúdo pelo Coração de Jesus; e pela alegria e doçura que o vosso coração sentiu ao ensinar, do Divino Mestre, o Pai-Nosso aos apóstolos. Alcançai-me a graça de seguir com fidelidade a Jesus, pelo seu caminho, com a sua verdade em favor da vida. Ó meu bom São Lucas, médico, que, com vossas santas mãos, invocando o nome de Deus, curastes tantos enfermos de tão graves enfermidades, rogai ao bom Jesus que me livre das enfermidades do corpo e do espírito, se for do agrado de Deus. E para maior glória por toda a eternidade. Amém.

 
São Lucas, rogai por nós e tornai-nos anunciadores da boa-nova aos enfermos.
 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

4º dia – Dedicado a São Rafael Arcanjo: Ficai conosco, ó Arcanjo Rafael, chamado Medicina de Deus! Afastai para longe de nós as doenças do corpo, da alma e do espírito e trazei-nos a saúde e toda plenitude de vida prometida por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

 
São Rafael Arcanjo, rogai por nós e dai-nos sermos próximos dos enfermos!
 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

5º dia – Dedicado a Nossa Senhora da Saúde: Nossa Senhora da Saúde pedimos neste momento saúde aos enfermos. Sede o refúgio dos doentes e a consoladora dos aflitos. Ó mãe, Nossa Senhora da Saúde, clamamos a vossa intercessão pelos doentes. Junto a vosso Filho Jesus, intercedei por aqueles que se encontram acamados, enfermos e desanimados em suas enfermidades físicas, principalmente (nome do enfermo e sua enfermidade…). Nossa senhora, mãe intercessora da saúde, intercedei junto a vosso Filho também por aqueles que passam por enfermidades emocionais e espirituais.

 

Jesus, que passastes pelo mundo fazendo o bem, libertai aqueles que sofrem com a enfermidade emocional, a angústia, o medo, o desespero, a depressão, a ansiedade e tantos transtornos psíquicos. Jesus, libertai-os dessas enfermidades e curai as feridas que causam esse mal. Por intercessão de Nossa Senhora da Saúde, fazei com que os doentes acamados e debilitados, não desanimem. Que tenham sempre a confiança em Vós, Senhor Jesus. Dai sabedoria aos médicos e a todos os que servem aos enfermos: enfermeiros, cuidadores. Olhai de modo especial pela pessoa enferma no corpo, mas também pela pessoa enferma na sua vida interior. Que tenha confiança e paciência, fé e coragem para vencer os momentos de desesperança e angústia. Amém.

 
Nossa Senhora da Saúde, rogai por nós e dai-nos o dom da saúde.
 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

6º dia – Dedicado a Santa Luzia: Ó Santa Luzia, que preferistes deixar que vossos olhos fossem vazados e arrancados antes de negar a fé – e Deus, com um extraordinário milagre, a vós devolveu outros dois olhos sãos e perfeitos para recompensar vossa virtude e vossa fé e vos constituiu protetora contra as doenças dos olhos – eu recorro a vós para que protejais minhas vistas e cureis a doença de meus olhos (fazer o pedido).

 

Ó Santa Luzia, conservai a luz dos meus olhos para que eu possa ver as belezas da Criação, o brilho do sol, o colorido das flores, o sorriso das crianças. Conservai também os olhos da minha fé, pela qual eu posso conhecer o meu Deus, compreender seus ensinamentos e reconhecer seu amor para comigo. Santa Luzia, protegei meus olhos e conservai minha fé. Amém.

 

Santa Luzia, protetora, eu recorro a vós. Santa Luzia, protegei a minha vista, os meus olhos. Santa Luzia, intercedei a Deus para curar os meus olhos e preservá-los de todo mal. Santa Luzia, que eu possa aprender convosco a firmeza da fé e sempre recorrer a vós. Santa Luzia, dai-me luz e discernimento. Santa Luzia, rogai por nós e dai-nos a saúde dos olhos. Amém.

 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

7º dia – Dedicado à Beata Dulce dos Pobres: Senhor nosso Deus, lembrando-nos de vossa filha, a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, cujo coração ardia de amor por vós e pelos irmãos, particularmente os pobres e excluídos, nós vos pedimos: dai-nos idêntico amor pelos necessitados; renovai nossa fé e nossa esperança e concedei-nos, a exemplo desta vossa filha, vive como irmãos, buscando diariamente a santidade, para sermos autênticos discípulos missionários de vosso filho Jesus. Senhor nosso Deus, recordando a vossa Serva Dulce Lopes Pontes, ardente de amor por vós e pelos irmãos, nós vos agradecemos pelo seu serviço a favor dos pobres e excluídos. Renovai-nos na fé e na caridade, e concedei-nos a seu exemplo vivermos em comunhão com simplicidade e humildade, guiados pela doçura do Espírito de Cristo. Amém!

 

“O amor não é sentimento, não é emotividade. O amor é fiel, generoso. O amor não é dependência. O amor é reciprocidade. Jesus me dá o pão da vida para distribuí-lo com o irmão” (Ir. Dulce).

 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

8º dia – Dedicado a São Luís Orione: Ó Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, nós vos adoramos e vos damos graças pela imensa caridade que infundistes no coração de São Luiz Orione e por ter-nos dado nele o Apóstolo da Caridade, o Pai dos Pobres e o Benfeitor da humanidade, sofredora e abandonada. Concedei-nos que possamos imitar o amor ardente e generoso que São Luiz Orione tinha para convosco, a Santíssima Virgem, a Igreja, o Papa e todos os aflitos. Pelos seus méritos e sua intercessão, concedei-nos a graça que vos pedimos (pedir a graça) para experimentar a vossa Divina Providência. Amém. São Luis Orione, parceiro dos enfermos nas dores, a ti elevamos nossa prece e em plena confiança no Deus da vida, suplicamos a graça de estendermos as mãos àqueles que se consomem na enfermidade e em sofrimentos. Enternece nossos corações solidários, para que sejamos solícitos às dores dos enfermos e o vigor da graça de Cristo os fortaleça na esperança. Por Cristo, Senhor da vida e consolação nos sofrimentos. Amém.

 
São Luís Orione, roga por nós e por todos os profissionais da saúde.
 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 

9º dia – Dedicado a Santa Teresa de Calcutá: “Ó Jesus, Tu que sofres, faz com que hoje e todos os dias eu saiba ver-te na pessoa dos teus doentes. Oferecendo-lhe os meus cuidados que eu te possa servir. Faz com que, mesmo oculto sob o disfarce pouco atraente da ira, do crime ou da loucura, eu saiba ver-te e dizer: ó Jesus, como é doce servir-te a ti que sofres! Dá-me, Senhor, esta visão de fé e o meu trabalho nunca será monótono. Encontrarei alegria satisfazendo as pequenas veleidades e desejos de todos os pobres que sofrem. Amado doente, és mais amado ainda para mim porque representas Cristo. Que grande privilégio o meu por poder cuidar de ti! Ó Deus, Tu que és Jesus que sofre, digna-te de ser também para mim um Jesus paciente, indulgente com as minhas faltas, não vendo senão as minhas intenções, que são de Te amar e servir na pessoa dos teus filhos que sofrem. Senhor, aumenta a minha fé. Abençoa os meus esforços e trabalhos, agora e sempre. Amém.” (Santa Teresa de Calcutá).

 

“A sua missão nas periferias das cidades e nas periferias existenciais permanece nos nossos dias como um testemunho eloquente da proximidade de Deus junto dos mais pobres entre os pobres”; e disse ainda Francisco: “hoje entrego a todo o mundo do voluntariado esta figura emblemática de mulher e de consagrada: que ela seja modelo de santidade!” (Papa Francisco no dia da canonização de Madre Teresa de Calcutá).

 
Santa Teresa de Calcutá, roga por nós e dá-nos a caridade com os enfermos.
 
Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
 
 
Por Guilherme Rocha
Comunicação